DESPORTO


























segunda-feira, 27 de junho de 2016

TECNOLOGIA E CIÊNCIAS CLASSIFICAM-SE NO JUFC 2016 DE FUTEBOL MASCULINO

Boletim
Realizada no sábado (25) na Areninha Genibaú, a primeira rodada do JUFC 2016 de Futebol masculino classificou as ATLÉTICAS da TECNOLOGIA e CIÊNCIAS para as fases seguintes da competição.

TECNOLOGIA

No primeiro jogo, com a ausência das AGRÁRIAS, a TECNOLOGIA se classificou direto para a final da competição, beneficiada pelo resultado do jogo entre DIREITO e CIÊNCIAS. Um das Atléticas mais tradicionais e atuantes no JUFC começou o ano buscando retomar um lugar pódio do Troféu Eficiência das Atléticas, que no ano passado contou com IEFES, AGRÁRIAS e FAMED respectivamente nas três primeiras colocações.

CIÊNCIAS

DIREITO

No segundo jogo, a CIÊNCIAS manteve domínio das ações ofensivas sobre o DIREITO que encontrou dificuldade de passar do meio de campo, fazendo do sistema defensivo a prerrogativa de manter o jogo equilibrado no placar diante das várias chances criadas pela equipe do Pici.





Após um empate sem gols no tempo regulamentar, a CIÊNCIAS confirmou o favoritismo e venceu por 3 a 2 as cobranças de pênaltis. Anlaiton, Gadelha e Jordano converteram para os vencedores, enquanto Breno e Gabriel também fizeram o mesmo pelo DIREITO, Piero desperdiço sua penalidade chutando por cima da trave do goleiro Vanderson.








Agora, CIÊNCIAS e IEFES fazem a semifinal no próximo sábado pelo direito de decidir o título com a TECNOLOGIA.


sexta-feira, 24 de junho de 2016

Futebol nos JUFC 2016


JUFC 2015















Sábado inicia os JUFC com o Futebol Masculino,na Areninha Genibaú.

Confira a programação completa.



sábado, 18 de junho de 2016

Time de Handebol Feminino é classificado para a final do Beach Hand misto nos jogos das Olimpíadas da Juventude de Fortaleza

O time de Handebol Feminino venceu nesta quinta (16) a semifinal nas Olimpíadas da Juventude de Fortaleza, disputando no total três jogos contra os times do Cuca Mondubim, Cuca Barra e Colégio Julia Fialho. Os jogos finais acontecerão na terça-feira (21) no Cuca Mondubim.



As Olimpíadas da Juventude de Fortaleza são uma das maiores competições esportivas realizadas pela Rede Cuca, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Em jogo definido na prorrogação, Futsal da UFC é eliminado nas quartas de final da LIFEC


            Em jogo muito disputado e definido apenas na prorrogação, a UFC foi desclassificada nas quartas de final da Liga de Futsal do Estado do Ceará (Lifec), em partida realizada na noite de quinta-feira, 16, na quadra do CEU. A arbitragem foi confusa, com uma atuação polêmica e discutível. O adversário foi o SESC-Projeto Manoel Tobias e o placar final foi de 5 a 4.
            Logo no início ocorreu um fato que refletiu na estratégia do time da UFC: aos 46 segundos de partida o SESC fez um gol. O time da UFC sentiu o baque, mesmo assim não deixou o adversário tomar conta da partida, embora tenha criado várias chances de gol. Aos poucos foi equilibrando o jogo e buscando o empate, que veio aos 14 minutos, através do atleta Júnior. O primeiro tempo terminou com esse placar: UFC 1 x 1 SESC-Projeto Manoel Tobias.

Junior empata a partida para a UFC no primeito tempo
            A UFC voltou bem mais determinada para o segundo tempo e passou a pressionar pelo gol de desempate. Aos seis minutos a trave salvou o time do SESC de levar o segundo gol, mas justamente quanto o time da UFC sufocava o oponente em busca do desempate, ocorreu o primeiro lance controverso da arbitragem: um jogador da UFC foi derrubado na área defensiva, mas a arbitragem não marcou a falta e determinou escanteio para a equipe do SESC, que bateu rapidamente, enquanto os atletas da UFC reclamavam da não marcação da falta, aproveitando para, nessa desatenção, marcar seu segundo gol.

O time do SESC bateu tão rápido o arremesso de canto que o juiz não havia apitado autorizando a reposição da bola em jogo. Mesmo com a reclamação dos jogadores da UFC, a arbitragem validou o gol do SESC. Além da Regra 4 prever que o árbitro deve dar o sinal para o reinício da partida após as interrupções – o que se caracteriza mediante o apito – a Regra 16 determina que, no arremesso de canto, os atletas adversários devem estar a uma distância mínima de três metros do executor, o que também não foi respeitado.
           Outro momento tenso foi a expulsão o atleta Adison, da UFC, o que deixou por dois minutos a equipe com quatro jogadores. Durante esse período de penalidade o time da UFC resistiu à pressão do SESC e, pouco depois do término do tempo de punição e com a recomposição do número de jogadores, conseguiu o empate através de Vicente, aos 18 minutos, passando a pressionar pelo gol de desempate, que acabou não vindo, terminando a partida em 2 a 2 em seu tempo normal.
Vicemte marcou o segundo gol da UFC no segundo tempo
 
            Veio a prorrogação e em pouco mais de um minuto do primeiro tempo novamente Vicente colocou a UFC em vantagem no placar. Não houve tempo nem para comemorar, pois poucos segundos depois o time do SESC empatou novamente a partida. Também em seguida, Renan pôs a UFC à frente no marcador, com o adversário novamente empatando poucos segundos depois. Em seguida veio outra marcação discutível da arbitragem. Num choque aparentemente normal entre jogadores, a arbitragem marcou falta contra a UFC. Como a equipe já havia estourado o limite de cinco faltas foi marcado tiro livre sem barreira, convertido pelo adversário.
Vicente também marcou o terceiro gol da UFC na prorrogação

O primeiro tempo da prorrogação terminou com o placar de 4 a 4. Veio o segundo período suplementar e as duas equipes se lançaram em busca da vitória. Num descuido da marcação, o time do SESC desempatou a partida, faltando pouco mais de dois minutos para seu final. A UFC, então, passou a pressionar ainda mais em busca do empate, lançando mão do “goleiro-linha”, mas mesmo pressionando e buscando o gol de empate, não conseguiu igualar o placar, que terminou UFC 4 x 5 SESC-Projeto Manoel Tobias.






 

domingo, 12 de junho de 2016

UFC fica com o vice-campeonato de Futebol 7 da LDU


A UFC ficou com o vice-campeonato de Futebol 7 da Liga Desportiva Universitária (LDU), que foi disputada em Manaus, no Amazonas. Na final, jogando na Arena do Parque das Laranjeias, o time cearense foi derrotado pela equipe da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), pelo placar de 3 a 1.

Time da UFC dominou a partida mas não conseguiu converter em gols as chances criadas
 
O fato que acabou minando a estratégia do time da UFC foi a marcação de dois gols pela equipe adversária logo no início da partida. Mesmo assim a equipe conseguiu reagir bem e equilibrar o jogo. No segundo tempo a UFC marcou um gol e passou a pressionar a equipe da UFRN, que demonstrou claros sinais de cansaço físico. O time cearense saiu em busca do empate, criando muitas oportunidades, mas sem conseguir converter em gols. O tento da equipe da UFC foi marcado faltando dez minutos para o final da partida e, com isso, partiu para a pressão total.

Equipe lutou muito, mas não conseguiu furar a retranca do adversário

 
Por sua vez a UFRN limitou-se durante todo o segundo tempo a se defender. Nada menos do que quatro vezes a trave salvou a equipe potiguar de levar o gol de empate, quando o placar ainda estava 2 a 1. A UFC pressionava, sufocando o adversário em seu campo de defesa, mas em um contra-ataque a UFRN fez o terceiro gol e deu números finais à partida.

 
 
 
 
 

 

sexta-feira, 10 de junho de 2016

UFC vai disputar bicampeonato da LDU de Futebol 7 contra a UFRN


O time da UFC classificou-se para disputar a grande final do campeonato de Futebol 7 da Liga Desportiva Universitária (LDU). A vaga veio após vitória sobre a Universidade Paulista (UNIP), de São Paulo, pelo placar de 4 a 2, em jogo realizado nessa sexta, 10, na Arena do Parque das Laranjeiras, em Manaus, no Amazonas. A final será disputada nesse sábado, 11, às 09:30h.

Vibração e garra do time da UFC foi ressaltada pelo técnico Clovandi Costa
O técnico Clovandi Costa considerou o jogo como “a melhor partida da competição até o momento”, destacando a raça do atleta Paulo Roney e a vibração de Adison Oliveira. “Os dois se destacaram, mas toda a equipe esteve muito bem postada e compacta, jogaram todos muito bem”, afirmou.

 
Jogador Paulo Roney destacou-se no jogo
A final será disputada contra a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que conquistou a vaga vencendo a UniNILTONLINS, de Manaus.  A exemplo da UFC, a UFRN classificou-se para a final da LDU de Futebol 7 após vencer na primeira fase as duas partidas que disputou, mas a UFC teve melhor aproveitamento, com os mesmos seis pontos conquistados, com a equipe cearense tendo dezenove gols marcados e sete sofridos, com um saldo de doze gols, enquanto a UFRN marcou nove gols e sofreu quatro, com um saldo de cinco gols. A equipe que a UFC desclassificou teve o melhor desempenho da primeira fase de todos os times, onde conquistou também seis pontos, marcou 23 gols e não havia sofrido nenhum. Atual campeã, a UFC vai em busca do bicampeonato.